Quem é

387233_2607206025376_2044292393_nSônia Pessoa é professora do Departamento de Comunicação Social e do Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social (PPGCOM) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). É uma das fundadoras e coordenadoras do Afetos: Grupo de Pesquisa em Comunicação, Acessibilidade e Vulnerabilidades . É autora do livro “Imaginários Sociodiscursivos sobre a deficiência: experiências e partilhas“, que teve origem com a sua tese de doutorado e foi publicado pelo Selo PPGCOM/UFMG. É idealizadora e coordenadora da Web Rádio Terceiro Andar vinculada ao Curso de Jornalismo da UFMG. É sub coordenadora do Curso de Jornalismo da UFMG. É diretora científica adjunta da Intercom: Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares de Comunicação. Graduada em jornalismo, teve ampla experiência em redações de veículos de comunicação e assessorias de comunicação. É idealizadora do blog Tudo Bem Ser Diferente sobre educação inclusiva. O blog nasceu das vivências com o filho Pedro, que tinha hidrocefalia e morreu em janeiro de 2016. Sônia se interessa por temas relacionados à diferença, deficiência, diversidade, vulnerabilidades e preconceito.

DSC_2610

Esse interesse se transformou em sua tese de doutorado em Estudos Linguísticos na UFMG com estágio ‘sanduíche’ na Université Paris-Est Créteil (ex-Université Paris 12): “Estética da Diferença: contribuições ao estudo da deficiência e das redes sociais digitais como dispositivos de mise en scène, defendida em abril de 2015. Sônia fez mestrado também na UFMG, além de especialização em Gestão Estratégica de Marketing.

Professora de Comunicação desde 2002 já atuou em instituições de ensino superior como Centro Universitário de Belo Horizonte (UNI-BH), Centro Universitário Newton Paiva, Estácio de Sá, Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), entre outras, em cursos de graduação e de pós-graduação. Na pós-graduação lecionou em cursos de mídia eletrônica, comunicação corporativa e marketing digital.

Atuou em diversos veículos de comunicação como Sistema Globo de Rádio, Rádio Itatiaia, TV Record, Diário da Tarde, Jornais O Tempo e Pampulha, além de ter participado como jornalista de campanhas políticas como a de 1996 na qual Célio de Castro foi eleito prefeito de BH. Atuou como assessora de imprensa de empresas, organizações não governamentais e prefeituras da região metropolitana de Belo Horizonte. Foi sócia da Fato Comunicação e Marketing e da Sônia Pessoa Comunicação.

Acesse o Currículo Lattes.

Anúncios