Compras coletivas alavancam e-commerce

Via Blog do E-Commerce

A e-bit, empresa referência no fornecimento de informações sobre o e-commerce nacional, disponibilizou sua última pesquisa sobre o comércio eletrônico. O estudo mostra que o faturamento em 2010 foi de 214,8 milhões, crescimento de 40% em relação a 2009. Outro indicador importante foi que 23 milhões de pessoas fizeram, pelo menos, uma compra online no ano passado.

Pela primeira vez dados sobre as compras coletivas estiveram presente no relatório. A pesquisa realizada de 10 à 14 de março mostra que 61% dos entrevistados conhecem o conceito de compra coletiva, e desses, 49% já compraram um cupom de desconto. Dos 51% que não compraram, 82% pretendem fazer sua primeira compra em 2011.

Para Pedro Guasti, diretor geral da e-bit, o que impulsiona o comércio eletrônico são o aumento na renda e emprego, retomada do crédito e uma maior confiança do consumidor, além da entrada de novos players, fusão de grandes grupos de varejo e o crescente domínio das classes C e D nas compras online. A classe C já representa 50% dos compradores, com um ticket médio de R$314.

Pedro Guasti acrescenta que o uso de novas tecnologias ajudam a impulsionar o mercado. “O crescimento do uso dos equipamentos móveis com acesso a web também será um alavancador deste mercado onde dessa forma, a dinâmica do comércio ultrapassa a dependência sazonal de eventos especiais, como as datas comemorativas”, acrescenta.

De acordo com este cenário, o site de compra coletiva Expresso Urbano investe em novas tecnologias para se aproximar do consumidor e dos parceiros, e amenizar as dúvidas. Para debater sobre mudanças no comércio eletrônico e rumos para as empresas de compra coletiva, o site promove uma coletiva de imprensa online com jornalistas, possíveis parceiros e consumidores pela ferramenta social Formspring no dia 9 de maio a partir das 15h30 às 16h30.

Para Mário Freitas, gerente de vendas do Expresso Urbano, é importante pensar em todo o cenário e trazer inovações para facilitar a vida das pessoas. “Profissionalizar e inovar são as palavras-chave para que uma empresa se estabeleça. Um dos diferenciais do nosso site além do layout e o modelo de venda do cupom, a compra é feita toda em uma única tela e você pode escolher comprar por cartão de crédito, transferência bancária ou boleto. Ou seja, qualquer pessoa pode comprar mesmo”, salienta Mário.

Fonte: Portal Empreendedores

Anúncios